Silêncio

SILÊNCIO (ou Noturno Silêncio).

Silencia o vento no abraço das estrelas.

Abre o oceano seu ventre borbulhante para desenhar teus passos.

Noturnas cores pintam tua pele onde adormeceram todos os dias e a luz partiu.

Esperas. Suspiras e te aquietas. Mais silêncios aguardam a melodia e o som da própria vida.

És única e solitária diante da noite. És a própria noite plena de estrelas.

_______ Beatriz Susin